Tratamento para Espinhas no Rosto Caseiro

Melhores tratamentos caseiros para espinhas no rosto

É difícil encontrar alguém que nunca tenha sofrido com espinhas no rosto não é mesmo? Seja um monte, ou seja apenas uma, elas sempre nos incomodam, mas felizmente hoje em dia já existem milhares de tratamentos para acabar com as espinhas.

Vamos mostrar abaixo diferentes tipos de tratamento caseiro para espinhas no rosto.

A primeira dica é muito usada por alguns maquiadores, para pessoas que tem espinhas muito vermelhas. Basta você fazer um chá de camomila bem concentrado, e com ele ainda morno fazer uma compressa com algodão sobre as espinhas no rosto. Deixe agir durante 15 minutos. A função do chá de camomila é acalmar a área inflamada, assim fazendo com que o inchaço e a vermelhidão diminuam.
Outra dica de tratamento caseiro para espinhas no rosto é fazer uma esfoliação para ajudar na remoção dos cravos e espinhas.
A receita do tratamento caseiro para espinhas é muito simples, basta você misturar uma colher de açúcar com uma e de mel. Faça movimentos circulares leves, sem pressionar a mão sobre o rosto, enquanto o açúcar esta retirando as impurezas da pele, o mel por sua vez tem a função de hidratante. Retire tudo do rosto com bastante agua fria e você conseguirá notar a diferença de imediato, mas é importante lembrar que essa esfoliação não pode ser feita mais de uma vez por semana, senão a pele pode ficar sensível e o quadro de espinhas pode piorar.

Por fim a dica mais importante é que independentemente do tratamento que você esteja fazendo, é essencial que você nunca esprema uma espinha, pois ela assim o risco de criar cicatrizes no rosto é muito grande, e algumas vezes essas cicatrizes são tão profundas que não é possível remove-las por completo nem com tratamentos mais avançados.

Vale lembrar também, que esses tratamentos caseiros, são apenas para aliviar espinhas de grau leve, se você tiver muitas espinhas o ideal é que você não faça testes na pele por conta própria, e sim procure um dermatologista que irá te indicar um tratamento mais forte, como ácidos, antibióticos e cremes específicos.  





Deixe um Comentário