Tratado de Tordesilhas – O que foi, Resumo

Tratado de Tordesilhas – O que foi e informações

 

Todas as pessoas que tenham alguma noção de história sabem que alguns dos países europeus mais presentes nos livros são Portugal e Espanha. A maioria das pessoas também sabe que existiram, ao longo da história, alguns desentendimentos por parte desses dois países, tratando-se de terras ou de outros assuntos.

O que tornou esses países realmente conhecidos e importantes foi a época das grandes navegações. Nessa época, os dois países tomavam a liberdade de apropriar-se de qualquer terra, mesmo que essa tivesse um dono. Para eles, as pessoas que não eram civilizadas poderiam ser facilmente dominadas.

Esse artigo falará de um acontecimento que ocorreu antes da descoberta do Brasil, mesmo que esse tenha relações com ele: o Tratado de Tordesilhas.

O que foi o Tratado de Tordesilhas: Ainda dentro desse assunto de posse de terras, começou uma briga entre esses dois países. Devido a essa ocorrência, o governo pediu que o papa fizesse uma espécie de divisão das terras, entre as descobertas e as que ainda estavam por descobrir.

O papa, então, criou um documento chamado ‘Bula’. Esse documento estabelecia que as terras que ficassem situadas até 100 léguas a partir das ilhas de Cabo Verde pertenceriam a Portugal, e as terras que ficassem além da tal linha imaginária pertenceria à Espanha.

Por pressão e medo de perder a terras, Portugal convenceu a Espanha a assinar o Tratado de Tordesilhas, que afirmava que as terras situadas até 370 léguas de Cabo Verde eram de domínio português e as terras a oeste da ilha pertenciam ao outro país.

Futuramente, foi descoberto que a linha imaginária que constava no tratado passava no Brasil, de Belém do Pará até Laguna, cidade que tem até um monumento como lembrança desse fato.

O tratado, além de injusto, não foi respeitado e, frequentemente, portugueses tomavam as terras que seriam dos espanhóis. Inclusive, o próprio tratado dava o domínio de várias terras para Portugal, mesmo que essas fossem descobertas pela Espanha.





Deixe um Comentário