Plataforma Paulo Freire MEC – Inscrições

Dicas e informações sobre como fazer sua inscrição na Plataforma Paulo Freire MEC

A Plataforma Freire foi criada pelo Ministério da Educação (MEC), é a porta de entrada dos professores da educação básica pública, no exercício do magistério, nas instituições públicas de ensino superior. Ao mesmo tempo em que coloca em prática o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. A plataforma tem esse nome, pois faz uma homenagem ao educador brasileiro, Paulo Freire.

Através da Plataforma Freire que os professores vão escolher a licenciatura que desejam cursar, fazer inscrição, cadastrar e atualizar o currículo. A Plataforma Paulo Freire foi construída para ser de fácil acesso pelos professores e também uma ótima fonte de informação. Lá os docentes encontram uma série de dados, entre eles a tabela com a previsão de oferta de cursos, as instituições, as modalidades de formação, etc.

Primeiramente os professores precisam se cadastrar na Plataforma Freire que pode ser acessada através do site www.mec.gov.br e em seguida clicar “Plano Nacional de Formação do Professor da Rede Pública”. Fala lá seu cadastro. Na primeira tela clique em “Primeiro Acesso a Plataforma Freire”. A tela seguinte pedirá o CPF, preencha tudo eu for solicitado. É possível também pelo sistema cadastrar o currículo acessando currículo do professor, onde aparecerá o nome do docente (que faz aquele cadastro inicial), podendo inserir também uma foto. No campo seguinte, o professor vai descrever em poucas palavras, um resumo do currículo (formação e experiências), salva as informações e passa para o campo seguinte, onde o professor detalhará sua formação acadêmica e complementar e assim por diante.

Depois de cadastrado, o professor deve consultar o ícone “previsão de oferta de cursos”, onde encontrará uma tabela com projeção de oferta de cursos, por estado. Depois de verificar os cursos disponíveis e selecionar o cursos (ou os cursos), o professor poderá fazer sua pré-inscrição no curso (ou cursos) em que pretende fazer; o professor pode fazer até três cursos. No passo seguinte, a plataforma Paulo Freire envia para a secretaria estadual ou municipal de educação todas as pré-inscrições enviadas pelo professor. È a secretaria que vai validar a inscrição, autorizar a participação do professor e enviar o nome dele para a universidade que vai dar o curso.

 





Comente em “Plataforma Paulo Freire MEC – Inscrições”

  1. Luciana Pina Machado

    Sou professora de 1º ao 5º do ensino fundamental e não tenho nivel superior ,por isso preciso melhorar a minha qualificação.

    Responder
  2. eu quero me inscrever na plataforma freire mas eu nao consigo

    Responder
  3. jupiara nascimento fernandez

    quero me escrever na plataforma mas não estou conseguindo como posso fazer?

    Responder

Deixe um Comentário